quinta-feira, 11 de maio de 2017

Eu olho o relógio com ansiedade, com medo dos minutos, com medo do tempo.
 O tempo se tornou o inimigo
Eu olho o relógio, com medo
Com medo da hora de ir embora chegar
Com medo do último beijo daquele dia
Com medo do último abraço do dia
Eu olho o relógio, com medo de ser o minuto de dizer até logo
Com medo de quando será nosso próximo dia      
Eu olho o relógio com medo de ser o último dia
Eu olho o relógio com medo de o nosso tempo ter acabado, não apenas por hj, mas para sempre
Eu olho o relógio já pensando quando será de novo. Eu olho o relógio desejando voltar atrás.Desejando que o tempo ao seu lado não passe tão rápido. Desejando me perder no tempo com você
Eu olho o relógio e são 22h45 min. Eu vou embora

1 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Eu acompanho seu perfil faz tempo e sempre acho incrível suas POESIAS! Fez uma belíssima POESIA. Essa passagem me define "Eu olho o relógio já pensando quando será de novo."

23 de setembro de 2017 17:50  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial