terça-feira, 25 de agosto de 2009

Olhares.

Vejo pessoas me olharem estranho.
Como se estivessem me condenando.
Como se eu tivesse cometido algum crime.
Não entendo exatamente o porque.

Não ligo para o motivo.
Apenas finjo não ver o que está acontecendo.
Mas como não perceber?
Se todos me ignoram.

Ninguém escuta.
Ninguém quer saber de minhas defesas.
Apenas me acusam.
Muitos nem sabem por que estão fazendo isso, mas fazem.

Abaixo a cabeça.
Coloco um capuz preto.
Fico negra na escuridão.
E assim é como se não visse nenhum dos acontecimentos.
Como se ninguém mais me visse.
Uma armadura contra as trevas.

10 Comentários:

Anonymous Anna =D disse...

Tô dizendo, Nathy!
Tá muito boom viu?

*----*

25 de agosto de 2009 22:16  
Blogger Juliiana Liins disse...

Oii amor!
Liindo demais seu blog, viu? *-*

Cara, o post ficou muiito bom, amei mesmo! ;D

Beeijos.

2 de setembro de 2009 11:18  
Blogger ThiagOrnelas disse...

que lindo
adorei, menina.

parabéns pelo blog

www.nos4.wordpress.com

5 de setembro de 2009 19:09  
Blogger Jean Leal disse...

O modo de escrever é bonito, continue assim, desenvolva mais idéias, se empenhe, por que (segundo a minha opinião) tu tens futuro.
Abraços.

5 de setembro de 2009 19:09  
Anonymous Ayres disse...

Adoreei..
Passa no meu blog :
( escrevo tbm)
http://contosdaayres.blogspot.com/

5 de setembro de 2009 23:08  
Blogger Luiza de Oliveira. disse...

Seu blog me deprimiu, digo... As coisas escritas, haha. Acho que é porque eu escrevo coisas muito apaixonadinhas... Enfim, você escreve bem, parabéns!

5 de setembro de 2009 23:10  
Blogger Mayara disse...

Parabéns!! Você escreve mt bem!!
beijos

6 de setembro de 2009 12:53  
Blogger Mayara disse...

Ah! Já estou seguindo se blog, sou daquele: amigosparasemprelaialá

beijos

6 de setembro de 2009 12:56  
Blogger Murilo Petters disse...

Com quantas pessoas será que isso acontece? Acho que a maioria :) Beijo

6 de setembro de 2009 18:44  
Blogger Camila Frutuoso disse...

Ain adorei seus textos *-----------*

6 de setembro de 2009 23:32  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial