sábado, 25 de abril de 2009

A menina.

Ela estava naquele corredor silencioso, sentada nas escadas geladas, quase chorando. Pensava no quanto havia machucado-o, realmente, não era sua intenção, ela jamais faria isso com ele. A menina não podia fazer nada para mudar isso, ela tentava apenas evitar, infelizmente, não estava dando muito certo. Todos os assuntos os levavam aquele, era como se tudo puxasse para aquilo que ela evitava. Ela também não podia fazer nada se ele não acreditava nas palavras dela, ela falava nada mais que a pura verdade, mas o menino não acreditava. Qualquer um não acreditaria, pois parecia mesmo mentira, mas não era, não era. Aquilo estava machucando os dois, abrindo uma pequena ferida em cada um,mas logo assim no começo de tudo? Sim, eles não podiam evitar.

"Esse 'não' é como uma pontada dentro de mim, é como uma agulha cravando em meu coração, acredite, por favor."

Era apenas o que ela dizia, mas em nada deu suas palavras. A ferida continuava a crescer.

6 Comentários:

Blogger Leo Pinheiro disse...

O ruim da juventude é que nos machucamos muito. Mas o ótimo é que temos a vida toda para curarmos as feridas!

Já o lado mais ou menos é saber que ainda temos muitos outros machucados para curar. rs

P.S.: QUANDO PUDER/QUISER PASSE NO MEU BLOG PARA COMENTAR TB! ABÇ

25 de abril de 2009 04:28  
Blogger Joyce disse...

Passando para conhecer novos blogs, pessoas e pensamentos... !
AMEIIIII SEU BLOOOOOOOOOOOOOOG! Nossa, vc escreve mto, mto, mto, mto bem ! PARABENS !

Quando quiser, pode me visitar!

www.joycampos.blogspot.com

Beijos =**

25 de abril de 2009 14:15  
Blogger ktuh disse...

Ferida abre, sangra, cura e fica a cicatriz.
é o ciclo da vida.

26 de abril de 2009 23:34  
Blogger anninhacsn disse...

Muito bom, Nathy *-*

27 de abril de 2009 17:13  
Blogger ℓiiα, ♥ disse...

AMO AMO AMO AAAAMOO textos assim! Que tudo. Posso acompanhar o blog? :D

beijos.
/sederpassanomeu.

27 de abril de 2009 20:19  
Blogger Joyce disse...

Obrigada pela visitaaa!
Atualizei lá, visita?
Beijos !

27 de abril de 2009 21:38  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial