quarta-feira, 1 de abril de 2009

Pela janela.

E pela janela ela vê o frio que está lá fora, o dia frio e escuro que irá amanhecer, a chuva que irá cair na madrugada. Quisera ela estar lá fora, longe, sozinha na noite escura e fria, correndo risco, mas chorando sozinha, sem nada nem ninguém. Ela quem cria sua própria infelicidade, ela percebe o erro, mas precisa de ajuda para parar de errar, sozinha ela não consegue.

3 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

Me afoguei (?)

5 de abril de 2009 18:14  
Anonymous Anônimo disse...

kosapospooaoaospoaopsopopasposapo...lalalala...
tão profundo q se afoogoo *o*

5 de abril de 2009 18:20  
Anonymous kaathy disse...

nossa kra, muito perfeiito ♥

6 de abril de 2009 23:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial