quarta-feira, 1 de abril de 2009

Jeito especial de ser.

Ele tinha um jeitinho todo especial, todo querido, parecia finalmente entender ela. Não julgava ela, apenas ouvia, e apoiava. Não falava q era cheia d defeitos, q era infantil ou q era depressiva demais, apenas tentava entende-la. Era diferente dos outros, fazia o possível pra agrada-la. Mas um certo medo da parte dela fez com q td se perdesse para sempre, fez com q td aquilo não tivesse mais importância, naum para ele, e a vontade q ele tinha d agradar, apoiar e entender, então, sumiu junto com td, pra nunca mais voltar.

1 Comentários:

Anonymous Kaathy disse...

me identifiqei *-* parabéns gaata ;) muito liindo ^^ muito beem escrito ♥

6 de abril de 2009 23:21  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial